quarta-feira, 10 de abril de 2013

Poesia contemporânea na TV




A televisão é somente trash? Com essa pergunta, começa uma interessante matéria no jornal italiano Repubblica. Para mostrar que a TV não é só lixo, irá ao ar o programa Poetryclip. Um programa,  de Sandro Vanadia e Vanni Pierini, idealizado por Stefano Ribaldi, que levará para as telinhas italianas poemas contemporâneos traduzidos por imagens.

Serão produzidos vídeos sem acompanhamento musical nos quais, para não alterar a linguagem expressiva da poesia, apenas algumas imagens acompanharão a voz do poeta. Assim, se espera que elas enriqueçam as palavras e produzam sentido.

Com certeza não esperamos, e nem também desejamos na verdade, que basta associar imagens e testos “recitados”, e aludir assim ao mundo e aos ritos da cultura pop, para envolver um público só também remotamente comparável ao da musica – dizem Vanadia e Pierini – simplesmente queremos verificar a hipótese que o videoclipe possa ser um dos instrumentos televisivamente apropriados para divulgar e fazer circular, de formas inéditas e não acadêmicas, a mensagem da poesia contemporânea, ajudando ela na conquista de novos espaços de audiência e de novos apreciadores.   

Os poetas envolvidos no projeto são Silvia Bre, Corrado Calabrò, Maurizio Cucchi, Valerio Magrelli, Valentino Zeichen. Além de Pierini, cada um deles interpretará um trecho enquanto uns espectadores irão dar as suas opiniões.

A leitura, em particular, é uma atividade bastante complexa na qual o leitor constrói imagens e produz sentidos em interação com o texto. Requer prática e atenção. No entanto, é uma experiência muito rica, diferente do cinema que traz tudo pronto, a palavra escrita permite à pessoa imaginar cenários, personagens e  interpretar a obra com mais autonomia, somente dependendo de sua criatividade. O programa, produção da Rai Educational, apresenta uma belíssima proposta que buscará, com o uso de imagens para complementar a leitura dos trechos recitados, atrair novos leitores para a poesia contemporânea, tornando-a mais acessível e popular.

Grande iniciativa da TV italiana, espero que a brasileira possa seguir o exemplo, e procure dar mais espaços e atenção à literatura.

Um comentário:

C disse...

Você é formado em italiano! :o Minha irmã está iniciando estudos nesta língua. Vou te seguir e mostrar a ela seus textos. http://www.lilivro.blogspot.com.br/